O mercado imobiliário é dos nichos que mais passou por atualizações nos últimos anos, visto que produtos como apartamentos em Florianópolis, uma casa ou apartamento para alugar ou até um loft à venda podem ser consultados com muita facilidade via internet. A ideia de fazer pesquisas por imóveis direto no Smartphone ou pelo computador é cada vez mais uma realidade sem volta para as imobiliárias. Por isso, estas empresas precisam ficar atentas às movimentações do marketing digital imobiliário e, por consequência, fazerem se adequarem a estes novos formatos. A seguir, você irá conhecer os principais pilares para a realização de um bom marketing digital imobiliário. Confira!

PÚBLICO: Antes de mais nada, não basta sair por aí anunciando apartamentos para vender na internet. Um bom marketing digital imobiliário que se preze, precisa fundamentalmente de um estudo para a definição de público-alvo. Desta forma, é possível nortear o tom, a identidade da comunicação e quais são os principais canais que devem ser trabalhados no digital para atingir aquelas pessoas com maior potencial de compra. Mesmo que seja apenas um apartamento para alugar em Florianópolis, se este for anunciado para uma pessoa sem interesse, será o mesmo que jogar dinheiro fora.

PLANEJAMENTO: Com o público-alvo definido, é hora de começar a organizar o que deve ser feito. Na etapa de planejamento, será necessário colocar todas as etapas de execução do projeto, que vão desde a produção de artes, vídeos, textos e materiais, passando pela captação de leads e terminando no fechamento das vendas. Por exemplo: se você pensa em anunciar um loft à venda, é preciso saber o público e interagir com ele com textos, vídeos e imagens que sejam realmente relevantes para estas pessoas, caso contrário, não é possível traçar uma linha de planejamento com execução.

LEADS QUALIFICADOS: Por meio do planejamento, é possível produzir campanhas de marketing digital imobiliário que conversem diretamente com o público-alvo e, consequentemente, levantar uma série de interessados que tem mais potencial de compra. Os leads qualificados são pessoas que possuem mais facilidade para fechar negócio com os apartamentos para vender que você está oferecendo, pois se interessam pelo conjunto da obra que fora anunciado (localização, valor, arquitetura, etc.).

RELAÇÃO CLIENTE X IMOBILIÁRIA: Outro ponto que vale destaque é a relação das empresas do setor imobiliário com seus clientes e prospects no digital: será que mais do que apartamentos para vender, sua empresa conversa com seu público de maneira relevante? Produzindo conteúdo realmente interessante para essas pessoas e, acima de tudo, escutando o que elas têm a dizer sobre ele? O digital requer atenção, e se tratando de mercado imobiliário, é preciso ter cuidado redobrado, uma vez que às vendas possuem valores altos.

ATENÇÃO ÀS TENDÊNCIAS: Mesmo no marketing digital imobiliário, é preciso estar muito ligado às tendências da internet, sejam memes ou plataformas como o TikTok, é preciso explorar os locais onde seu público está para garantir uma presença de marca cada vez mais consolidada no mercado. Também é possível se apropriar de novas mídias ou formatos de conteúdos para anunciar um apartamento para alugar ou loft à venda, por exemplo, de maneira a encaixar o seu produto em uma nova “tendência de mercado” e assim gerar uma identificação entre cliente x marca. Agora que você já sabe quais são os principais pilares do conteúdo de marketing digital imobiliário, avalie se o seu trabalho na internet está de acordo com estas métricas e se é possível melhorar suas estratégias para alavancar resultados ainda mais satisfatórios. Caso queira saber mais sobre marketing digital imobiliário ou ainda conhecer técnicas da área imobiliária para a internet, não deixe de seguir nossos perfis e ficar por dentro de todas as nossas novidades.