Você sabia que com algumas práticas é possível rankear seu posicionamento nas buscas do Google?

De acordo com bilhões de pesquisas feitas diariamente, já é de se esperar que um mecanismo de busca como o Google esteja criterioso e avaliando diariamente o que o usuário prefere visitar.

Além disso, avaliar também a realização de uma pesquisa e o que os sites e blogs proporcionam a partir destas preferências. 

Entre todas as atualizações de boas práticas realizadas pelos mecanismos de busca, existem algumas que permanecem muito bem vistas e essenciais.

Isso serve para que estejam entre as primeiras posições nos resultados orgânicos de pesquisa.

Pronto para ser encontrado pelo público? Continue lendo esse artigo que vamos te ajudar!

O que é SEO?

SEO significa Search Engine Optimization, ou seja, Otimização para mecanismos de busca.

Portanto, trata-se de um conjunto de práticas que, quando trabalhadas e consideradas na construção e na manutenção de um site, eleva o posicionamento na busca orgânica.

Quer dizer que, todas as dicas de seo demonstradas aqui poderão elevar o posicionamento de um site na busca do google, mas não referem-se aos posicionamentos pagos, como o caso dos anúncios destacados nas primeiras linhas da SERP. 

muito importante que o SEO do seu site seja trabalhado desde o momento ele é concebido, no entanto, sempre é possível trabalhar uma otimização a partir do que já foi preparado.

Coloque as dicas de seo a seguir em prática e veja os resultados aparecerem!

Dicas de SEO

Crie um blog e desenvolva conteúdos
Estude e implemente palavras-chave
Visual atrativo e responsivo com foco na experiência do cliente
Realizar backlinks
Fique de olho na qualidade dos conteúdos e das páginas

Crie um blog e desenvolva conteúdos

Essas dicas de seo são atualmente, informação crucial para atrair visitas! Já ouviu falar em jornada de compra?

Basicamente, elas contam com os seguintes estágios: descoberta, reconhecimento do problema, consideração das alternativas para soluções e, por fim, a decisão de compra. 

Possuir um blog é essencial para guiar o usuário durante essa jornada, pois os conteúdos poderão ser produzidos pensando nesses estágios.

Você ainda será uma forte influência nesse processo, trazendo informações e relevância. 

Imagine só, se uma clínica odontológica especializada em Ortodontia está com pouca procura por aparelho ortodôntico transparente, poderá criar conteúdos que despertem o desejo dos pacientes que desejam o tratamento ortodôntico mas que querem fazer com mais discrição.

Desta forma, esta clínica será fator de influência na descoberta e no reconhecimento do problema e, também na avaliação de alternativas.

Na próxima dica falaremos sobre palavras-chave, desta forma poderá entender como escolher as melhores abordagens de acordo com o momento da jornada de compra do usuário com termos que se encaixam ao seu nicho. 

Estude e implemente palavras-chave

Muitas vezes palavras-chave são associadas a termos muito técnicos e específicos ou simplesmente a termos com volumes altíssimos de busca.

O que é necessário entender aqui é que para definir palavras-chave é necessário colocar-se no lugar do usuário que pesquisa por algo do seu nicho.

Por trás de toda busca existe uma intenção, entenda essa intenção para definir suas palavras.

Por exemplo, se a mesma clínica odontológica está ansiando posicionar-se no mercado como referências em aparelho ortodônticos estéticos, mas o usuário conhece esse serviço como aparelho transparente ou como aparelho invisível, são nestas palavras que ela deverá investir.

Ao entender as intenções você pode iniciar as pesquisas e considerar volume de busca. Algumas ferramentas podem te ajudar com isso, como estas a seguir:

  • Google Suggests;
  • Pesquisas relacionadas;
  • Pessoas também perguntam;
  • Ubersuggests;
  • Keywordtool.io;
  • SEMRush;
  • Google Trends;
  • Planejador de Palavra-chave;
  • Google Analytics;
  • Google Ads.

Estas ferramentas são excelentes para entender volume de busca, ter insights e até mesmo avaliar a concorrência. 

Se ainda possui dificuldade em criar listas de palavras que te aproximem às intenções de busca, não deixe de conversar com os departamentos da sua empresa que cuidam dos desenvolvimentos das vendas e de atendimento.

Geralmente esses departamentos recebem muitas dúvidas e conhecem as dores do cliente e sabem como conversar com eles. 

Visual atrativo e responsivo com foco em experiência

Seu site e seu blog são seus cartões de visita, por isso caprichar no visual e no layout é indispensável para atrair visitas e fazer o usuário ficar para te conhecer melhor.

Aproveite também os espaços do seu site, como a home page, para trazer informações essenciais que possam te diferenciar da concorrência.

Um exemplo seriam portfólio de serviços, segmentos em que atua, clientes de sucesso e até mesmo depoimentos desses clientes. Aproveite também para trazer menções às suas palavras-chave.

Considere também a experiência do usuário.

Não adianta ter um site muito elaborado e diferente se ele não se adapta a diferentes navegadores e a diferentes meios de acesso.

No caso de smartphones e tablets, e dependendo da conexão, ele demora de carregar.

Todos esses fatores comprometem não só a otimização do seu site e seu posicionamento,  mas também a experiência do usuário que passará a te enxergar de outra forma a depender desse momento.

Backlinks são hiperlinks em termos ou palavras-chave no seu conteúdo que direcionam o usuário para outro blog ou outro site que esteja falando melhor sobre essa palavra, estendendo o conhecimento do usuário.

Essa prática é muito valorizada pelo Google, pois entende-se que seu conteúdo e seu site são tão bons que outros sites confiam no que você está contando.

Desta forma a autoridade e o domínio crescem muito e você ainda enriquece seus conteúdos.

Fique de olho na qualidade dos conteúdos e das páginas

SEO é um trabalho contínuo e mesmo que faça parte da sua estratégia desde a concepção do seu site, é muito importante continuar analisando o que está no ar e otimizando todas as pontas. Sempre se atente a:

URL

As URLs devem sempre ser simples e fáceis de ler e memorizar e que mesmo quando o conteúdo necessitar de atualizações permaneça útil.

Se você possui uma página falando sobre lente de contato, sua url deverá ser www.sitedodentista.com.br/lente-de-contato. 

Imagens

Suas imagens sempre devem corresponder ao conteúdo, e, ao salvá-las, nomeie de acordo com o que está na imagem, pois isso facilita sua aparição tanto na SERP quanto no campo de imagens. 

Títulos, Subtítulos e Estrutura de conteúdo

Torne seu texto escaneável não somente através de negrito, itálico e sublinhado, mas também através de Heading Tags, pois facilita a leitura tanto do usuário quanto do google.

Tenha em mente uma lógica para a estruturação: H1 para título; H2 para tópicos; H3 para subtópicos; e daí em diante. 

Conteúdo produzido por Rebecca Marques, assessora do Blog Clínica Ideal